10.03.10

 

     Estava eu a ler a revista Sábado desta semana, quando parei numa das minhas páginas preferidas. A página do “Insólito” escrita pelo jornalista João Vaz tem um apanhado de pequenos artigos, que como o próprio nome indica, são insólitos...
Desses pequenos artigos dois atrairam a minha atenção. Um por me fazer rir e outro por me irritar ligeiramente...
 
    “Expulsa de autocarro por amamentar bebé
Amy Wotten, de 25 anos, foi expulsa de um autocarro de transportes públicos na região de Bristol, no Reino Unido, por estar a amamentar o filho de 6 semanas. O motorista interrompeu a viagem e ameaçou chamar a polícia, tendo invocado as queixas de outros passageiros por “exposição indecente”. Amy ficou com o bebé na rua, á chuva. Foi obrigada a apanhar um taxi até casa.”
     Achamos nós que em determinados países da União Europeia as mentalidades estão mais evoluídas que em Portugal... Afinal estamos no século XXI e certas pessoas ainda têm mentalidades pequeninas e esquecem-se que quando eram bebés as suas mãezinhas fizeram exactamente a mesma coisa com elas...
 
   Fórmula indica idade ideal para casar
Anthony Dooley, professor de Matemática na Universidade de nova Gales do Sul, em Sydney, Austrália, chegou, com base em estudos estatísticos, a uma fórmula sobre a idade ideal para casar. A equação é I=(n-p)xo,368+p, sendo n a idade máxima que a pessoa pensa para o casamento e p a mínima em que se admite poder tomar tal decisão. Apesar de considerar que é sempre perigoso aplicar a matemática aos assuntos sentimentais, a fórmula aplica-se a homens e mulheres.”
     Esta noticía faz-me recordar velhos tempos... Reza a lenda que um conhecido meu numa jantarada e estando o Sr em questão já muito bem regado desenvolveu uma equação matemática sobre o Amor. Se não me falha a memória a forula matemática provava que o Amor existe... E no dia seguinte, já sóbrios, voltaram a resolver a fórmula criada, e sim, ela fazia todo o sentido...
 
A secção “Números” também tem dados muito interessantes...
 
“75% das mulheres consideram um problema importante os parceiros sofrerem de ejaculação precoce, mas só 40% deles tem a mesma opinião, revela a Associação Espanhola de Andrologia.”  
Os Homens no geral nunca querem dar parte fraca... Muitas vezes é complicado para nós Mulheres, por muito á vontade e confiança que tenhamos com a pessoa que está connosco, faze-los pereceber que talvez tenham um problema e que pedir ajuda médica sería uma boa ideia... Mas pronto...
 
“1/3 das espanholas afirmam que as suas relações sexuais duram menos tempo que o desejado.”
Mais de metade das Mulheres Portuguesas tem exactamente a mesma opinião mas não o admitem...
 
“35.274 das 263 mil queixas de barulho feitas por vizinhos, em Nova Iorque, tinham a ver com ruídos sexuais.”
Graças a Deus... Pelo menos a malta vai-se animando... Deixem-me adivinhar? Os queixosos eram solteiros ou casados á anos??????????
 
“93% das holandesas com menos de 21 anos usam métodos contraceptivos”
Ainda bem... Gajas inteligentes!
 
“6 meses de prisão foi, na Malásia, a pena das primeiras três mulheres a engravidar antes de casar”
Por favor... Eu sei que é uma cultura diferente e uma religião diferente mas não consigo atinar com isto!!!
 
“73% dos jovens no Reino Unido acham insuficiente a educação sexual escolar e 1/3 não falam de sexo em casa.”
Bem parece que os ingleses só são abertos em relação ao sexo quando estão de férias no Algarve...

 

tags:
Desabafado por Guitinha às 16:48
|  O que é?

http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/184469.html
Alexandre Kulcinskaia a 2 de Abril de 2010 às 10:55

Mais sobre a Gaja
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Desabafos Arquivados
pesquisar
 
Malta que anda a cuscar a Gaja