06.01.11

2011 já começou!!! E este ano começou com peripécias...

Vamos ver se será um bom presságio. 2010 começou calminho, perfeito, com festa em casa e os amigos do peito. O resto do ano? Foi o descalábro. Mudei de casa, fui traída, humilhada, fiz 30 anos... só coisitas boas!

Nesta "passagem" voltei ao tipico vestidinho preto, (troquei só o modelito), tirei as pérolas do pó e passados 15 minutos do novo ano é que me apercebi... que passei a meia noite de pantufas!!! lol Resumindo a noite: há meia noite tava de pantufas, ás 3 estava de saltos na rua a desatolar um carro, ás quatro estava numa disco e ás 5 estava na cama... lol

 

Fazer 30 anos não me deixou tão deprimida como eu pensava que iría estar. Óbviamente que me fez olhar para trás... tenho 30 anos e nada que se veja da minha vida! Mas tenho saúde, casa, familia e amigos que gostam de mim. Que me tratam bem e que estão lá quando eu preciso. Percebi que isso é o mais importante. Que muitas vezes acreditamos em quem não devemos, mas são passos que temos de dar na nossa vida, são erros que temos de cometer. Faz parte da nossa viagem na vida.

Este ultimo ano fez-me crescer e perceber muita coisa...

2011 vai ter coisitas boas e sim também terá o seu lado mau mas dos fracos não reza a história.

Não sou má pessoa, nunca fui e por isso desejo aos outros sempre e sem excepção o dobro do que me desejam a mim.

Vamos ver o que me reservam os 30 anos e 2011...

Viagem vai ter de certeza lol

 

sinto-me: esperançada
tags:
Desabafado por Guitinha às 03:19
|  O que é?

Ok , não me conheces... mas após ver o que escreveste decidi deixar este comentário : "Os novos 30 são os antigos 20"
Estou com 32 e acredita que ainda tenho muito para querer fazer, descobrir, conversar, aventurar...
Também passei a passagem de ano em casa... mas frustrado...
É um facto que os amigos da minha geração, a maior parte deles, casaram, têm filhos, casa para pagar e uma vida estruturada que já não permite aventuras de outros tempos... mas eu não me consigno com isso... Acho que ainda não me aventurei o suficiente, e todos os momentos bons foram poucos...
Também acreditei em muita gente e confiei em quem considerava e fui traido. .. A solidão pode ser terrivel , mas considero que por tudo o que passei, mais vale sozinho que mal acompanhado...
Não quero dizer com isto que não tenha amigos neste momento que me têm em consideração, e que estejam ao alcance de um telefonema.... mas já não têm a vontade de outros tempos que eu ainda tenho...
O meu mais fiel companheiro é um Jipe com mais de 17 anos e 220000kms que me leva para todo o tipo de aventuras, viagens, campismo, descobertas, etc...
Tal como tu, também não tenho nada que se veja da vida, mas a familia nunca falta... e independentemente de não ter tudo o que amo, estou a lixar-me para posses....

O dia seguinte é sempre um dia novo, e a vida é para viver... estou pouco cagando para a idade....
Romeu Cruz a 25 de Junho de 2011 às 04:50

Obrigado pelo comentário.
Podes não acreditar mas neste momento era mesmo o que eu precisava de ouvir ou neste caso ler.
Percebi que neste ultimo mês a vida é efemera e tem de ser vivida cada dia ao máximo. Nunca sabemos qdo vamos acabar numa cama de hospital em fase terminal...
Desculpa se fui bruta... ás xs tenho esse problema!
obrigado do fundo do coração!
Guitinha a 29 de Junho de 2011 às 01:24

Mais sobre a Gaja
Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Desabafos Arquivados
pesquisar
 
Malta que anda a cuscar a Gaja