29.06.11

Ultimamente tenho tanta coisa para escrever mas nada sai...

As palavras vão acumulando, mas sair é que está pior....

Vamos lá criar uma cronologia na vida aqui da gaja para que me possam perceber...

Pois que aqui a gaja ao pedir um certificado de habilitações ficou estupefacta com as notas ridiculamente baixas que tirou no 12º ano e principalmente envergonhada com o faltar terminar a bendita disciplina que me perseguia... Pois que perante as várias opções decidi ir pela mais complicada ou então não sería eu. Escolhi fazer exame de história b e terminar com o sofrimento lol A unica questão é que fiquei com 4 séculos de história (mais coisa menos coisa) para estudar num mês e meio... Coisa pouca não acham???? lol

Pois que fiz a minha pesquiza direitinho e estudei menos do que devia, verdade seja dita. 

No dia anterior ao exame, a Tia L (aquela que é a preferida apesar de com os anos nos termos afastado) foi operada ao nariz. Teve 1 avc a seguir e no dia do exame estava em coma com 1 prognóstico muito reservado para não dizer terrivel...

Vontade de fazer o exame: Zero, resposta da minha mãe: Vais fazer esse exame e vais passar... Pois que fui a chorar que nem uma madalena para o exame, não sei bem como consegui recompor-me e lá fiz o exame... Passei com 14 valores!!!!! Só precisava do 10...

A Tia L, no fim das contas entrou no hospital para ser operada ao nariz e tem 1 tumor maligno entre os olhos e o nariz mais ou menos do tamanho de 1 bola de ténis e infelizmente está em fase terminal neste momento... Infelizmente a radioterapia não funcionou!

Estou triste, estou chateada e revoltada. Porquê? Porque apesar dos seus 59 anos ela podería ter aproveitado muito mais a vida. Teve um merdas como marido que sempre se achou uma dádiva de deus para as mulheres, que a traiu com tudo o que era mulher e a ignorou a ela como mulher. Nunca a compreendeu e lhe dava grandes cargas de porrada... Criou os filhos com dificuldade, mas lá se fizeram Homens, que lhe deram netos lindos.

Tomou as decisões que achou que eram correctas á medida que as situações se apresentavam... Podia ter passeado mais, se divertido mais e até quem sabe arranjado um namorado, quem sabe... 

Custa-me imenso visitá-la. Aquela não é a minha tia. As minhas tias são refilonas, mandonas, com pelo na venta, não estão entubadas e deformadas... Em duas vizitas saí de lá completamente esgotada. Ela chorou ao meu lado e isso custa-me horrores. Sei que sempre foi informada do seu seu diagnóstico e da gravidade do mesmo. Tento ser a parva do costume e fazer umas piadas e brincar, quando no fundo só me apetece chorar e acordar deste pesadelo mau... Mto mau...

Quando me sinto mais embaixo venho cá fora, fumo um cigarro e volto para dentro e faço-me de sobrinha tonta mais um pouco... 

A minha mãe nas primeiras duas semanas ia dando em doida... Mas subiu no salto e aguenta-se o melhor que pode sem dar parte fraca, ou pelo menos vai tentando.

Esta 3ª feira fui com a minha mãe e a prima T visitá-la e tivemos sorte. Ela estava num dia calmo, lúcido, sorridente. Reconheceu-nos, brincou e até ralhou comigo. Ralhou devido á minha gordura imensa... Ao comentário: Tem razão tia eu vou comçar a comer mais, a sra revirou o olho... Como quem diz és muito mentirosa mas eu finjo que acredito... lololololololol

A minha tia nunca foi uma pessoa muito fisica, de abraços, de beijos, mas nesse dia não parava de me olhar de me tocar, de tocar na minha mãe. Custa-me muito dizer isto mas acho que se estava a despedir de nós!

A vida é curta e aproveitamo-la muito mal...

Preocupamo-nos com coisas estúpidas e insignificantes, com pessoas que nunca deveriam ter um segundo da nossa atenção, quando de veriamos aproveitar os bons amigos, aquelas pessoas que nos apoiam no bom e no mal, mesmo que nos vejamos 1 vez por mês. Que nos respeitam e não nos condenam por muito merda que façamos...

Tenho a sorte de ter pessoas dessas na minha vida!!!!!!

Fazem parte de mim e sem elas não sou nada....

Obrigado people...

Desabafado por Guitinha às 18:32

OK.... novamente te escrevo.... e digo.... mesmo que não acredites em coincidências, que te compreendo muito bem. Como tu, eu tive um tio e uma tia, irmãos da minha mãe, que eu prezava muito... e que nos deixaram devido a essa maldição chamada cancro... Nunca esquecerei os bons momentos que tive com os dois, mas o que me fica na memoria, foi o meu tio, que no dia do funeral da sua querida esposa se dirigiu a mim e disse: "ainda ontem estivemos, eu e a tua tia a falar de ti, e ambos diziamos que eras um sobrinho fabuloso..." escusado será dizer, caiu-me tudo por terra.... abracei-me á minha prima, durante horas a fio... com aquelas palavras na cabeça...
Foi ai que decidi mudar tudo.... e a desligar a minha idade do cerebro...
È preciso viver... com substância e preenchimento... pois nunca se sabe o que vem amanha... desliguei-me de muita gente.... mas pus muitos pontos nos i's... , aprendi a confiar muito mais em mim que nos outros... e aprendi a reconhecer melhor os verdadeiros amigos...
Comecei a fazer muito mais coisas, coisas que dizia sempre que iria fazer mas que nao tinha tempo.... e aprendi a ter tempo para as fazer...e fiz...
Desliguei-me de materialismos,e liguei-me aos significados e experiências, daquelas que vão ficar sempre na memória.... Nao significa isto que nao possa cometer erros pelo meio, mas isso faz parte...

O meu lema : One Life. Live It.
Romeu Cruz a 29 de Junho de 2011 às 19:30

E como descobriste tu aqui o espaço?
Guitinha a 30 de Junho de 2011 às 01:14

Acho que te vais rir... mas descobri o espaço, após sentir uma grande nostalgia, seguido de uma grande solidão...
Aproveitando o feriado da semana passada, fiz ponte no intuito de passar uns momentos com uns amigos a conversar e por as coisas em dia...
Fui beber cafe onde vou sempre, e onde geralmente nos encontramos com facilidade....
Não encontrei ninguem em todo o fim de semana, e acabei sempre na conversa com o amigo que e dono do bar... Como é obvio, so eu agora e que estou solteiro, no meio de tanta gente... e com vontade de curtir umas cervejas.... e passar algumas aventuras...
Ao chegar a casa, se não me engano, no sabado de madrugada, coloquei três palavras no google: sozinho, deprimido, esquecido.... e um dos links que surgiu foi este espaço....
Como escrevi anteriormente nao me consigno ainda com uma vida estabilizada, e ás vezes esqueço-me que os outros já estão nessa fase...

Quanto á idade para teres filhos, não desesperes, tenho uma colega de trabalho com 44 anos, e teve uma filha aos 40. é certo que foi de risco... mas ainda não tens tudo perdido...
Tenho uma amiga com a qual bebo uns cafes e conversamos um pouco, que tem 37, é solteira e ainda vive em casa dos pais... e achas que ela se preocupa com isso??? Nada, vive a vida como ninguem, viaja, sorri, cria eventos, faz festas e tenho um grande orgulho em ser amigo dela, por ela ser quem é...
Romeu Cruz a 30 de Junho de 2011 às 17:50

Vais ter de rever essa pesquisa porque acabei de a fazer para tirar o peso da consciência e não encontrei o meu blog em lado nenhum... lol
Guitinha a 30 de Junho de 2011 às 23:36

lol.... acredita que se não foi com essas palavras, foi algo muito parecido... lol... e eu também não costumo ser muito deprimido ... mas há dias...
Uma coisa é certa, com essa pesquisa, dei com muiiiita gente cheia de problemas, que nem queria acreditar.... problemas bem piores que os teus e os meus....
Romeu Cruz a 1 de Julho de 2011 às 00:34

Eu tenho consciência que os meus problemas são ridiculos perto dos de mta gente. Mtas situações eu nem coloco aqui no espaço. N me perguntes bem pq. simplesmente n o faço
Guitinha a 2 de Julho de 2011 às 00:24

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Mais sobre a Gaja
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


Desabafos Arquivados
pesquisar