26.01.10

    Pois que estava eu calmamente a passear pelo site aqui do sapito quando me deparo com esta noticia. Como sou amiga do meu amigo e preocupada com a saúde da população em particular e com a minha em particular, decidi partilhar a noticia com a malta. Só para o caso de não a terem lido antes....

 

"Homens que fazem sexo com menos frequência apresentam maior risco de doença cardiovascular, segundo estudo publicado no American Journal of Cardiology.

 

Acompanhando, durante 16 anos, mais de mil homens com média de idade de 50 anos e sem historial de doença cardiovascular no início do estudo, investigadores norte-americanos descobriram que, comparados àqueles que disseram fazer sexo de duas a três vezes por semana, os voluntários que tinham relações sexuais apenas uma vez por mês ou menos tinham 45% maior risco de doença cardiovascular.

De acordo com os autores, esses resultados ocorriam também considerando factores como idade e disfunção eréctil, a qual era apresentada por, no princípio da pesquisa, por 213 participantes. «Os nossos resultados sugerem que uma baixa frequência de actividade sexual prediz [doença cardiovascular] independentemente de disfunção eréctil, e que a triagem para actividade sexual pode ser clinicamente útil», ressaltaram os autores na publicação.

De acordo com o site Bibliomed, os investigadores avaliaram também o papel do desejo sexual e a capacidade para actividade sexual como possíveis factores de risco cardíaco.

E observaram que «homens que são sexualmente activos provavelmente têm libido e capacidade para actividades físicas; então, a actividade sexual poderia ser um marcador de saúde geral».

Além disso, a investigadora Susan Hall destaca que aqueles com actividade sexual regular têm maior probabilidade de estar em um relacionamento íntimo com um parceiro regular, o que poderia melhorar a saúde através do apoio social e da redução do stress.

Baseados nos resultados, os especialistas apontam que os médicos podem ter pistas sobre a condição cardiovascular de um paciente perguntando-lhe sobre a sua vida sexual.

«A mensagem para os homens é que a saúde sexual pode predizer a saúde cardiovascular, e os homens devem se consultar com seu médico se experimentarem disfunção eréctil ou dificuldades sexuais», concluiu a especialista."

                                                 Noticia retirada do site Sapo, área Sapo Saúde
 

 

Neste caso é mais a preocupação com a saúde do meu "brinquedo"!!! Fico descansada por saber que tenho andado a contribuir para que o Homem não tenha problemas de saúde... lol

 

Hoje (dia 25 de Janeiro) foi o aniversário da minha irmã mais nova. Pois que a miuda atingiu 1/4 de século e passou uns dias deprimida. A minhas questão é a seguinte: Quando chegar aos 30 irá ter um colapso?????????

Eu gostei imenso dos meus 25 anos, curti muito, mas mesmo muito nesse ano... Mas os anos passam e faltam-me 11 meses para chegar aos 30... E sim confesso que começo a ter algum receio de lá chegar... lolol

 

Ultimamente tenho andado a brincar ás casinhas com o meu brinquedo e confesso que é muito bom ter quem nos aqueça os pézinhos durante a noite... Acordar com miminhos...

Meu Deus ando tão melosa e lamechas que até fico enjou.... 

sinto-me: melosa
Desabafado por Guitinha às 03:44

13.03.09

No Cibertúlia li este comentário que me levou a ler esta noticia...

 

Como não existem comentário possiveis da minha parte á noticia, se é que assim se pode chamar passo a postá-la na integra para que percebam.

Peço-vos que leiam os comentários feitos á noticia para perceberem a amizade.

 

"O camarada João Mesquita

O João foi um dos homens sérios que conheci. Não conheço assim tantos, infelizmente. Foi sério até à sua própria exaustão, prejudicou-se de ser sério, foi inflexivelmente sério. O João foi um dos homens de carácter que conheci.

Morreu o jornalista João Mesquita. Morreu o amigo e camarada que me acompanhou e que eu acompanhei desde os meus 17 anos. Primeiro numa luta juvenil contra a ditadura e a guerra colonial e por uma revolução impossível com uma ideologia esquerdista e irresponsável; depois, a partir do momento em que ambos rondávamos os 20 anos, no estágio e no primeiro emprego como jornalistas e, mais tarde, na direcção do Sindicato; por último, como profissionais, como homens com ideias diferentes, mas cumplicidades imensas. Como homens, que se respeitam como homens livres.
O João foi um dos homens sérios que conheci. Não conheço assim tantos, infelizmente. Foi sério até à sua própria exaustão, prejudicou-se de ser sério, foi inflexivelmente sério. O João foi um dos homens de carácter que conheci. Um carácter amistoso de bon vivant à mistura com uma humildade republicana e laica de revolucionário. O João era uma contradição, daquelas boas contradições que nos dizem que um ser é tão livre que derrota as prisões e os preconceitos. Não seria possível compreender inteiramente o João sem entender o seu percurso, uma vez que toda a sua vida breve (faleceu com 51 anos) foi feita de amizades e cumplicidades que o marcaram, ao mesmo tempo que de acções suas que marcaram os que o foram rodeando.
Comecei a trabalhar no mesmo dia e no mesmo jornal - 'A Voz do Povo' - que o João Mesquita. Aliás fôramos os dois convidados, após o jornal romper com a UDP, para reforçar os quadros redactoriais. Experiência? Tínhamos a do Movimento Associativo. Andáramos os dois a fugir da polícia (e a ser uma vez presos por ela) e a fazer conspirações mais ou menos pueris - de que fizeram parte a tentativa de raptar um informador da PIDE no movimento estudantil, ou a libertação de um estudante preso, comité onde ambos servimos às ordens de Nuno Crato. O Director do Jornal era, na altura, João Carlos Espada, que o comandava com 24 anos, e os chefes de redacção eram José Manuel Fernandes e Nuno Pacheco. Somos todos amigos, hoje, e sei bem como todos sentimos a morte do João.
Claro que o jornal faliu. Mais tarde, consegui um emprego na delegação em Lisboa de um vespertino do Porto, propriedade do 'Jornal de Notícias' - o 'Notícias da Tarde'. Passados uns meses, quando soube que o meu chefe - e mestre da tarimba, Fernando Antunes - , precisava de um repórter parlamentar, propus-lhe o Mesquita. Ele desempenhou essas funções com qualidade e originalidade e penso que foi aí que, verdadeiramente, ele foi reconhecido como bom e sólido jornalista que foi.
Passámos ambos para o 'Jornal de Notícias', de onde eu segui para 'O Jornal' e ele, anos depois, para o 'Público'. A sua carreira passou, ainda, pelo 'Independente' e por colaborações em diversos jornais, as últimas das quais aqui no Expresso, onde ainda há um mês (14 de Fevereiro) publicara um texto no Actual. Hoje mesmo, iria fazer uma reportagem para o mesmo caderno...
Fui também eu que propus ao José Pedro Castanheira o nome do João Mesquita para a Direcção do Sindicato. O João entrou como secretário e foi exemplar. Nessa época, como, anos depois, nos tempos em que ele próprio foi o presidente do SJ, o Sindicato ainda era uma força independente e irreverente comandada por jornalistas. O João, que presidiu de 1989 a 1993, vinha de uma tradição de presidentes como Cáceres Monteiro, Cesário Borga, José Pedro Castanheira, que conferiam respeitabilidade e responsabilidade à associação, muito longe da burocracia de jornalistas cinzentos em que se tornou hoje em dia.
O João não pensava como eu, nunca o escondemos um ao outro. Mas era tolerante como só pode ser tolerante quem vinha de uma família que pensava o contrário dele. Nascido em Coimbra (e exaltado adepto da Briosa, tendo escrito uma excelente história da Académica), veio cedo para Lisboa e, ainda rapazes, em casa dele, via coexistirem os posters de Mão Zedong com cartazes de Freitas do Amaral (o seu irmão era feroz apoiante do recém-criado CDS). O seu pai, o já falecido Conselheiro Costa de Mesquita, chegou a ser do Tribunal Constitucional, indicado pelos centristas. Mas nada disto atrapalhava o João, nem as minhas 'reaccionaradas', como ele lhes chamava. 'És um reaccionário porreiro', disse-me ele há uns anos... E eu respondi-lhe 'E tu és o melhor esquerdalho do mundo'.
Dávamo-nos bem. Éramos amigos, profundamente amigos, e hoje só lamento o tempo que tive para estar com ele e não estive, a possibilidade que tive de falar mais com ele e não o fiz.
A vida e a família (o João era casado com Clara Vasconcelos, também jornalista, e deixa uma filha com 10 anos) afastaram-nos, mas nunca quebraram os laços solidários dos conspiradores juvenis.
A morte tenta cortar esse nó, mas eu, que ao contrário do João sou crente, tenho esperança de ainda o encontrar algures.
Deus gosta muito mais de pessoas como o João, do que daqueles que apenas sabem utilizar o seu nome para pedir desculpa pelo mal que fazem aos outros.
E o João nunca, mas nunca, fez mal a ninguém. Pelo contrário, deixa um rasto de amigos em todas as latitudes possíveis.
 Noticia retirada do jornal online Expresso, escrita por Henrique Monteiro"

 

 

Quando morrer quero que os meus amigos falem assim de mim...

sinto-me: sensibizada
tags:
Desabafado por Guitinha às 00:08

14.01.09

Pois que agora um jornalista inglês do Times decidiu que todas as hipóteses indicam que Tintin será Gay...

 

 

 

"Jornalista britânico garante que Tintin é homossexual

 
«Tintim é gay!». Quando se festejam os 80 anos do célebre repórter da banda desenhada, um jornalista inglês do Times, ele próprio abertamente homossexual, garante que tudo assim o indica

 

 

«Com mil milhões de macacos, será que não entra pelos olhos adentro?», pergunta Matthew Parris, antigo deputado, hoje colunista do jornal britânico, num artigo publicado esta semana, intitulado «Claro que Tintin é gay, perguntem ao Milú».
 
«Onde estão as dúvidas quando todas as provas apontam no mesmo sentido?», interroga-se.
 
«Um jovem sem experiência, andrógino, com uma poupa loura, calças bizarras e uma écharpe, que vive no castelo do seu melhor amigo, um marinheiro de meia-idade?», escreve Parris.
 
A família de Tintin ou a ausência de família conhecida constitui outro sinal para Parris.
«Tintin nunca fala da sua família ou dos seus pais, como se fizesse um bloqueio sobre a existência de seu pai e da sua mãe», explica o jornalista.
 
«Todos os psicólogos o dirão: é um traço frequente entre os jovens homossexuais».
Outro argumento de Parris: Tintin, que é suposto ser repórter, nunca escreve um artigo, deixando pensar que é, na realidade, um espião.
 
«Como confirmará qualquer pessoa vagamente ao corrente do mundo da espionagem britânica (por exemplo), a espionagem sempre atraiu os homossexuais. Eu próprio trabalhei com sucesso para o MI6, os serviços secretos britânicos», revela Parris.
 
Sobretudo, Tintin nunca demonstra a menor atracção por mulheres, que são notoriamente poucas no seu universo: oito num total de 350 personagens. «E nenhuma é jovem ou vagamente atraente», sublinha o jornalista.
 
O único herói «heterossexual sem a mínima ambiguidade» é, segundo Parris, o cão Milu.
«O fox-terrier tem tendência a distrair-se pelo género feminino canino, uma tendência sempre reprimida pelo seu dono», afirma.
 
«Milu viu tudo. Milu sabe tudo. E Milu nunca dirá nada», concluiu.
 
Noticia retirado do site do jornal SOL, notica escrita em pareceris Lusa/SOL"

A minha pergunta é: Porque é que tudo tem de ser sexificado (nem sei se a palavra existe)????

Todos nós lemos "Les Aventures de Tintin" e vimos os desenhos animados e nunca nos incomodámos com as suas preferências sexuais...

Valha-me Deus.

 

Daqui a pouco estão a dizer-me que a Wendy é namorada do Bob o construtor...

sinto-me: desorientada
tags:
Desabafado por Guitinha às 00:31

23.11.08

Estive a ver a reportagem da SIC sobre acidentes de viação feita basicamente de relatos de pais e de crianças que sofrem na pele resultados desses acidentes.

Apercebi-me que tive muita sorte...

 

No dia 28 de Dezembro de 1984 eu tinha 4 anos feitos á 5 dias, a minha irmã do meio tinha 2 anos e 2 meses e a minha mãe estava grávida da minha irmã mais nova.

Nesse dia eu tive 1 acidente. Passou-me 1 Land Rover por cima.

Resultado? 2 pernas partidas com 3 semanas de internamento no Hospital D. Estefania e 3 meses de gesso da cintura aos pés.

A mais nova coitada teve o azar de os meus pais me deixarem colocar-lhe o nome. O nome até nem é nada mau, há bem piores como por exemplo: Erica Natacha...

Não tive fisioterapia, não tive problemas derivantes desse acidente... Aprendi a andar novamente sozinha. Óbvio que existem detalhes que não vos comento aqui, mas sei que tive muita sorte.

Não imagino a dor dos meus pais nessa altura...

A minha mãe além de me ter naquela situação estava grávida e poderiam surgir complicações com a bébé. Que se note que a rapariga nasceu com 4Kgs e qualquer coisa.

Honestamente nunca falamos nisso não por ser assunto tabu mas porque nunca calhou...

 

E sim começou a contagem decrescente para os 28... É já daqui a 1 mês...

Tenho de fazer a lista de presentes a pedir...

lol 

 

sinto-me: nostalgica
Desabafado por Guitinha às 21:32

17.11.08

Ultimamente ideias para escrever não têm abundado...

Gripes violentas têm esse efeito...

De qualquer forma não podia deixar de partilhar esta noticía deliciosa convosco...

 

 

'Facadinha' online termina em divórcio real

Amy Taylor, 28 anos, apanhou o marido em flagrante com outra mulher e pediu o divórcio. Até aqui uma situação igual a tantas outras, não fosse a traição ter acontecido apenas no ecrã do computador, através do Second Life.
 

 

Em Inglaterra uma 'facadinha' via web terminou com uma separação na vida real. A traição ocorreu no mundo dos avatares do Second Life, mas Amy Taylor, a esposa traída, não achou piada e meteu os papéis para o divórcio.

 

 

Para a britânica, de 28 anos, as traições virtuais do marido não eram novidade. Casados há três anos, após um namoro que também começou via web, numa sala de chat, o casal já tinha enfrentado uma situação semalhante, quando David Pollard, 40 anos, foi apanhado em flagrante com uma prostituta do Second Life. Embora tenha ficado "louca de raiva", Amy Taylor perdoou o companheiro, explicou a mesma em declarações à estação de televisão SkyNews.

O casal reconciliou-se mas David nunca chegou a valorizar a traição online, afirmando que não via qualquer problema na sua atitude no mundo virtual. Por isso mesmo, Amy contratou um detective no Second Life para testar se a infidelidade do marido continuava.

A situação acalmou até que, em Abril deste ano, David voltou a ser apanhado em flagrante a ter reações sexuais virtuais com uma avatar norte-americana. Este acabou por confessar à mulher que tinha dito à namorada online que o seu casamento "estava acabado" e que nunca deveria ter casado com Amy.

A britânica não suportou mais uma infidelidade via Second Life e deu entrada com o pedido de divórcio, alegando "comportamento inaceitável" do companheiro. A decisão da jovem não surpreendeu a advogada, uma vez que era o segundo caso derivado de traições virtuais que recebia naquela semana, contou Amy ao mesmo canal de televisão.

 

 

Entretanto Amy Taylor já encontrou novamente o amor e está a refazer a sua vida com um namorado que conheceu no jogo World of Craft."

Noticia retirada do site do jornal SOL

Juntamente com a noticia estava uma foto do casal que por uma questão de educação não comentarei...

Ok portanto já se percebeu que traição virtual não está englobada no tipo de traições a perdoar... Meninos aprendam!

Por enquanto a coisa funciona só no vosso pensamento, nós não sabemos e ninguém se magoa... Mas convenhamos que ao tomarem o passo mesmo que virtual quem garante ao Parceiro(a)/ Namorado(a)/ Marido/ Mulher, o que lhe queiram chamar, que até tomarem o passo "ao vivo e a cores" não vai um pequeno passo????????

Esta Sra. pareçe que já não era a 1ª vez que passava pela mesma situação, mas se até já se recuperou é porque o amor não era assim tão forte...

Nem vale muito o esforço comentar muito mais a noticia que tal como todas as deliciosas que já partilhei convosco, esta também fala por si...

 

Valha-me Deus eu sei que sou 1 romântica incurável, mas um casamento não devería ser tão descartável...

Sabem o que vos digo????

LOVE SUCKS!!!

E ainda bem que estou sozinha comigo mesmo.

 

 

sinto-me: Confiante
tags:
Desabafado por Guitinha às 14:20

12.11.08

Pois que aqui a Gaja andava á procura de um tema animado para partilhar com quem visitaaqui o espaçito...

Mas no Telejornal vi uma noticia que me chocou...

 

Britânica de 13 anos recusa uma operação e arrisca-se a morrer

Uma adolescente britânica de 13 anos, doente terminal, conquistou o direito de morrer após o hospital em que está internada ter desistido de a obrigar a submeter-se a uma operação cardíaca.
 
O Herefordshire Primary Care Trust, que administra o hospital no condado inglês de Herefordshire, desistiu do caso no Supremo Tribunal depois de um assistente social ter confirmado que Hannah Jones estava segura da decisão de não ser operada.
 
 
Hannah, da cidade de Marden, recusou-se a ser operada ao coração porque a cirurgia tinha pouca probabilidade de sucesso e, mesmo se fosse bem-sucedida, exigiria cuidados médicos intensivos. A adolescente afirmou que preferia morrer com dignidade.
O hospital chegou a entrar com um processo no tribunal em Fevereiro para obrigá-la a ser operada. Mas a instituição mudou de ideias quando a doente foi entrevistada por um assistente social. Hannah disse que queria interromper o seu tratamento e passar o resto da vida em casa.
 
 
Quando era mais nova, Hannah sofreu de leucemia e o seu coração foi enfraquecido por remédios fortes que tomou desde os cinco anos.
 
Os pais de Hannah afirmam que apoiam a filha e que estão muito orgulhosos dela.
«É revoltante que as pessoas do hospital possam presumir que nós não pensamos no que é melhor para a nossa filha» , disse o pai de Hannah, Andrew, ao jornal britânico The Daily Telegraph.
«Hannah já passou por muita coisa e mais uma audiência jurídica ou ser obrigada a ir para o hospital seria humilhante» .
Noticia retirada do SOL com agências

 

 

Compreendo que aos 13 anos a miúda não queira sofrer mais do que já sofreu, mas como é que um pai ou mãe compactua com isto sabendo que ainda poderá haver hipótese de salvação????

Não entendo, não consigo.

A miúda ficou com problemas cardiacos por causa do tratamento de leucemia. Não se morra da doença morre-se da cura...

Ao fim de 5 anos tanto doente como pais estão cansados de lutar percebo isso também.

Mas a cara dos pais durante a entrevista que vi era de perfeita calma, como se a miúda tivesse 20 anos...

 

Sei que não tou a fazer sentido no que estou a dizer mas tou a tentar digerir a noticia...

sinto-me: estupidificada
tags:
Desabafado por Guitinha às 00:50

29.10.08

Dentro da categoria de noticias fantásticas, deixo-vos mais uma...

 

"Juiz espanhol obriga viúva a pagar amante do marido

   Um juiz espanhol decidiu que uma viúva traída deve pagar à amante do falecido marido mais de 36 mil euros.
 

   A sentença afirma que o homem dava dinheiro à amante porque queria e a vontade dele deve ser respeitada, mesmo depois de ter morrido.

 

   A disputa nos tribunais começou em 2006, após o falecimento do empresário J.A.P. (por razões legais, os nomes dos envolvidos não foram revelados), em Sevilha.

 

   A viúva P.F.P descobriu que tinha sido traída durante anos e que o banco passava quantias mensais à amante que variavam entre 3 mil e os 4 mil e quinhentos euros.

 

   A família oficial do marido decidiu cancelar os pagamentos, e a amante levou o caso a tribunal.

 

   Na sentença, anunciada nesta segunda-feira pela Audiência Nacional de Sevilha, o juiz deu razão à amante, obrigando a viúva a pagar todos os cheques pendentes num um valor que chega aos 38 mil euros.

 

   Segundo o juiz, «ficou provado que o falecido manteve uma relação sentimental prolongada com a queixosa V.A.G.».

 

 

   A viúva já tinha perdido a acção em primeira instância.

   O primeiro tribunal condenou-a a pagar o cheque de 33 mil euros, mas bloqueou os dois seguintes, de quantias menores.

 

   Com o último recurso, a esposa fica sem opção para recorrer e deverá tirar o dinheiro da própria conta corrente - anteriormente, uma conta conjunta que mantinha com o falecido marido.

 

   Para conseguir esconder a traição durante anos (o tribunal não informou à imprensa quanto tempo durou a infidelidade), o empresário contou com a cumplicidade de amigos.

 

   Para o juiz, as provas demonstraram «sérios indícios de que a relação não era meramente passageira ou esporádica e que está fora de qualquer dúvida a existência de uma doação à queixosa através dos cheques».

 

   A sentença ainda inclui uma confirmação do banco de que o falecido marido era titular da conta corrente de onde saíam os pagamentos à amante, o que levou o juiz a afirmar que «o dinheiro era dele e ele podia fazer com ele o que quisesse».

Noticia retirada do site SOL - SPL com agências"

 

 

Pois que não me parece ter terminado nada mal... Para o lado da amante claro!!!

 

Depois de ler esta pérola da justiça espanhola existem duas coisas a fazer...

 

1ª coisa a fazer é agarrar na malita e mudar-me para o país vizinho...

2ª coisa a fazer é arranjar uma belo amante cheio de pasta...

 

Vocês conhecem outra alternativa??? Eu não...

 

sinto-me: com sono
tags:
Desabafado por Guitinha às 09:51

08.10.08

Há noticias que me caem no colo e que são deliciosas...

Estava indecisa entre duas noticas igualmente fascinantes e decidi colocar hoje esta para animar mais o espírito da malta...

 

"Erro faz vinho sair pelas torneiras numa cidade italiana

     Moradores da cidade italiana de Marino, na região central do país, foram surpreendidos com o que parecia ser um milagre: das torneiras de suas casas começou a jorrar vinho branco, em vez de água

     O inusitado incidente ocorreu no último domingo, durante a abertura da 84ª edição da Festa da Uva de Marino – a mais famosa festividade do estilo no país.

Tradicionalmente, para marcar o início da Festa, milhares de moradores fazem uma contagem decrescente à volta da Fonte dei Quattro Mori, no centro da cidade, para ver a «transformação da água em vinho», quando a fonte passa a jorrar, ao invés de água, uma boa qualidade de vinho branco.

     Todos os anos, a Fonte é abastecida com barris de três mil litros de vinho para garantir o sucesso das celebrações. No entanto, os responsáveis pelo abastecimento das fontes de água espalhadas pelas ruas da cidade giraram a alavanca errada no momento da abertura da Festa e, em vez de enviarem vinho para a Fonte, mandaram a bebida para casas da cidade.

     Algumas donas de casa de Marino – que possui cerca de 40 mil habitantes – estranharam o odor familiar que saía das torneiras e foram as primeiras a notar que não se tratava de água.

     Uma moradora estranhou o cheiro quando limpava o chão de sua casa. Mas não reclamou, porque considerou o odor agradável. O mesmo ocorreu noutros condomínios.

Muitos acreditaram tratar-se de um milagre da Virgem do Rosário, a padroeira da Festa da Uva mais famosa da Itália.

    Sem saber o que se passava nas casas, milhares de moradores, que aguardavam ansiosos a abertura das festividades com copos de plástico nas mãos, decepcionaram-se ao ver jorrar da Fonte nada mais do que água.

    As autoridades avisaram que o problema seria solucionado o mais rápido possível e, depois de dez minutos, o vinho começou a jorrar da Fonte normalmente.

Segundo o presidente da câmara de Marino, Adriano Palozzi, ainda não se sabe a quantidade exacta de vinho que foi desperdiçada.

    De acordo com ele, o incidente ocorreu devido a uma falha humana, que deve ser minimizada.

    «Foi um erro técnico não previsto, que acabou por se transformar numa coisa simpática para as pessoas», disse o presidente à BBC Brasil.

    «É uma coisa que pode acontecer, porque o trabalho é todo feito manualmente», afirmou.

   "Resolvemos tudo em poucos instantes sem gerar qualquer problema para quem estava na festa e para quem ficou em casa naquele momento", disse Palozzi "

                                     Noticia retirada de SOL com agências

 

 

 

A minha pergunta é:

Porque é que isto não acontece por estes lados?????????

Poupava-se cá em casa um dinheirão em garrafas...

Podia ficar aqui a dizer muita coisa mas... hoje não me apetece e acho que a noticia fala por si.

 

bjo

 

Para quem me pede um workshop para ensinar Homens a lidar com mulheres, fica prometido um post sobre isso este fds... lol

sinto-me: cansada
Desabafado por Guitinha às 23:15

Mais sobre a Gaja
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Desabafos Arquivados
pesquisar
 
Malta que anda a cuscar a Gaja